Mitos de beleza, desmistificados

Há uns dias vi um artigo na Cosmopolitan online que gostei muito e decidi partilhar com vocês, infelizmente perdi o link do artigo original e agora não o encontro, copiei apenas as coisas interessantes e traduzi-as para vocês. Neste artigo eles desmistificavam alguns mitos que todas nós (incluindo eu) juramos que são verdade, vamos ver?

Beber água previne a desidratação da pele
É um grande mito! São os óleos que deixam a pele hidratada e não a água. Procurem produtos que contenham óleos não-comedogénicos.

Apenas as peles mais secas necessitam de hidratante
Hidratar uma pele oleosa parece estranho mas privar a pele de hidratação faz com que a pele crie oleosidade excessiva para se manter nutrida. Se têm pele oleosa procurem hidratantes leves, com uma textura preferencialmente em gel e não se preocupem que não vão ficar com um aspecto oleoso.

Escovar o cabelo 100 vezes por dia deixa-o mais brilhante
Nunca devemos escovar o cabelo em demasia, pois a escovagem enfraquece o foliculo e faz com que este parta.
Algumas passagens com a escova antes de dormir são o suficiente para distribuir os óleos naturais do cabelo pelo seu comprimento.

 

Cruzar as pernas provoca varizes
Errado. O que provoca varizes é passarmos muito tempo de pé. Se tiverem, por exemplo, um emprego que vos obrigue a passar muitas horas de pé vai fazer com que as veias trabalhem contra-relógio para fazer chegar o sangue das pernas ao coração e isso é que provoca o apareceimento das terriveis varizes. 

Os produtos caros são melhores que os mais baratos

Existes bons – e maus produtos – em todas as categorias de preços. 
O que interessa é a formúla do produto e como este reage em nós. Se encontraram um produto que custa menos que um Happy Mean mas funciona com vocês go for it.

A pasta de dentes ajuda a combater as borbulhas

Sim nós andamos sempre á procura da maneira mais rápida de fazer desaparecer as borbulhas mas a pasta de dentes não é a solução. 
O mentol presente em quase todos os dentifricos tem um efeito refrescante e pode acalmar a inflamação mas estes contêm também outros ingredientes que irritam a pele. O melhor é empastar as borbulhas com produtos que contenham ingredientes clinicamente testados no combate ao acne como o ácido salicilico, glicólico ou os Aha’s.

Os produtos naturais são melhores que os sintécticos
O que é realmente um produto natural? A maioria dos produtos que dizem que são orgânicos ou 100% naturais são bogus, só porque um produto nos é dado pela natureza não quer dizer que seja mais eficaz, e vice-versa, usem aquilo que funciona no vosso caso especifico.

A gilette faz com que os pêlos cresçam mais grossos.
Não é de todo verdade! O pêlo que é arrancado cresce com uma base mais larga e depois estreita na ponta, parecendo que é mais fino. Quando rapamos as pernas, por exemplo, estamos a cortar o pelo na diagonal, o que faz com que este arranhe mais e parece que está mais grosso. A depilação com gilette não altera textura nem a grossura dos pêlos.

Então meninas o que acharam destas coisinhas?
Acreditam em alguma? 
Por acaso a da água faz todo o sentido porque quando eu borrifo água thermal na cara nunca a sinto mais hidratada, mas quando borrifo com a Eau de Beaute da Caudalíe, que contém óleos essênciais, sinto logo o rosto mais aliviado da desidratação. 
Agora aquele que me deixou mesmo preplexa foi a da gilette e os pêlos! Eu sempre achei que os ficavam mais grossos mas depois de ler a explicação faz todo o sentido!
Beijinhos
Vanessa
Follow:

12 Comments

  1. April 2, 2013 / 03:18

    Hum… eu não sei se concordo com o primeiro…E não sou a melhor pessoa para te dar um exemplo, bebo pouquíssima àgua.

    Em relação ao ùltimo, dos pêlos. até tinha as minhas dúvidas… até ao dia que uma senhora de uma clínica de estética me deu uma explicação que me deixou baralhada, mas depois fez sentido.
    Ela reparou que eu tinha uns "pontinhos" pretos no queixo (pêlos grossos a nascer) – começaram a aparecer-me uns pelinhos no queixo na adolescência, muito finos… eram tão poucos que eu tirava-os com a pinça. Nunca usei uma gilete nesta zona, sempre arranquei de raíz, mas a verdade é que eles com o tempo foram-se multiplicando e ficando mais grossos.
    Então ela explicou-me que nunca devia usar pinça para tirar pêlos nessa zona, porque por mais que tente arrancá-los de raíz, é inevitável partir um ou outro. Feito isto consecutivamente, os pêlos acabavam por engrossar.

    Eu achei a explicação um bocado estranha… Mas a verdade é que, por exemplo, no buço tiro sempre com cera e os pêlos não estão mais grossos – salvo excepção de alguns mais perto do canto da boca, que são mais difíceis de tirar com cera a muitas vezes recorro à pinça. Na zona mais perto do nariz, nunca usei pinça e os pêlos estão todos finos.

    Nunca tinha ouvido essa teoria, mas no meu caso parece fazer sentido…

    (Não sei se me fiz entender) 😛

  2. April 1, 2013 / 15:56

    Concordo com todas excepto parcialmente com a primeira! Beber água não hidrata a pele mas também não os óleos que hidratam tudo… Os óleos são bons porque ajudam a prender a hidratação na pele! Mas não são os óleos que hidratam mesmo a pele! É a água! Eu, por exemplo, de noite, aplico o meu hidratante à base de água (tem sido o Embryolisse), aplico um pouco de água termal e deixo absorver e, de seguida aplico uma ou duas gotas de óleo de argão ou de jojoba para "keep the moisture trapped in the skin" :p

    Eu reparo que hidratantes à base de água hidratam sempre mais do que os à base de óleo 🙂

    De resto, sim! Às vezes ouve-se cada coisa! Essa da pasta de dentes estão-me sempre a dizer… Fico sempre -.-! :p

    Beijoca*

    • April 1, 2013 / 18:05

      Olá querida,
      Também noto que os hidratantes á base de água hidratatam mais que os à base de óleo, mas como disseste também acho que quando uso óleo a pele fica mais bonita do que quando uso só hidratante á base de água.

      Onde compras o óleo de Argan? Não coagula os poros? Eu uso um de jojoba puro que compro no Celeiro e um da Caudalie.

      Beijinhos

    • April 2, 2013 / 14:43

      Agora é que li o resto dos comentários lol. Isso dos óleos faz sentido.
      Por exemplo, no cabelo aplico sempre óleo nas pontas e meios comprimentos depois de o lavar (e depois da máscara), sempre ouvi dizer que o óleo em si não hidrata mas faz barreira para que o cabelo não perca a hidratação. E hidratar, não sei se hidrata mesmo… noto é que suaviza temporariamente.
      Acredito que o mesmo aconteça com a pele.

    • April 2, 2013 / 15:29

      O óleo hidrata o cabelo e a pele sim 🙂 O que faz barreira temporariamente são os silicones no caso do cabelo e as vaselinas/parafinas no caso da pele. Por exemplo o Marrocan Argan Oil da Avon (fiz review hoje) não hidrata nada, apenas cria uma barreira por cima do cabelo dando-lhe um aspecto bonito até lavares o cabelo.

    • April 2, 2013 / 21:46

      Olá,

      Sobre o primeiro mito, será que podias fazer um post sobre cremes à base de óleo e dar sugestões de produtos desse genéro disponíveis no mercado?

    • April 3, 2013 / 20:02

      Eu comprei o meu óleo num celeiro, mas foi um celeiro local lá mais para a minha zona natal :p

      O óleo de argão não bloqueia os poros, aliás até ajuda ao acne, segundo dizem! Eu não tenho tido borbulhas ultimamente por isso não posso confirmar!
      Mas uso tanto no cabelo como no rosto e, principalmente no cabelo, noto logo a diferença! É maravilhoso… 🙂

      Beijinho

  3. April 1, 2013 / 15:51

    Olá,

    Acho o primeiro "mito" um bocado descabido.

    O corpo precisa de hidratação e, como tal, a pele também. Se bebermos pouca água isso reflecte-se na pele, até porque é o nosso maior órgão…

    Quanto à hidratação ser dada única e exclusivamente por óleos… que grande disparate!

    A pele oleosa produz óleo em excesso, e tal como disseste, necessita de hidratação na mesma. Porquê? Não é por falta de emolientes (óleos), porque isso ela já produz em excesso naturalmente, mas sim de água… Por isso mesmo a pele oleosa pode ficar desidratada e a repuxar, com sensação de pele seca, mas ao mesmo tempo produzir oleosidade (é bastante mais comum do que se pensa). Daí recomendar-se cremes com textura em gel, pois são feitos à base de água… logo aqui contraria o referido "mito". Não quer dizer que não se possam utilizar óleos para hidratar, porque existem óleos que hidratam e não bloqueiam os poros, como é o caso do óleo de jojoba, por exemplo. Contudo, a utilização de óleos deve ser combinada com hidratantes à base de água (no caso das peles oleosas), pois os óleos em si ajudam a reter a hidratação, ou seja, ajudam a que a pele consiga manter os sues níveis de hidratação mais tempo.

    As peles secas, pelo contrário, são caracterizada s pela falta de óleos na pele, o que significa que não têm tanta capacidade de reter água e como tal perdem hidratação muito facilmente, ressecam e escamam. Para este tipo de pele recomenda-se sim cremes à base de óleos, para condicionar a pele, e ajudá-la a reter a hidratação necessária para que não resseque e envelheça com mais facilidade.

    Falo apenas de dois tipos de pele porque são os extremos. Quanto aos produtos a utilizar depende também dos gostos de cada pessoa e do que a pele aceita… mas esta é a explicação generalizada.

    Quanto aos restantes concordo 🙂
    Beijinho

    • April 1, 2013 / 16:04

      Concordo com tudo o que disse acerca dos cremes à base de água e de óleo! 🙂
      No entanto, já foi provado que beber água não tem quase impacto nenhum no nível de hidratação da pele! Também me custou a acreditar mas a ciência não mente! (Ou quase nunca :p)

      Beijinho

Leave a Reply